quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Panini investe para Brasil ser líder em figurinhas

A Panini lança no domingo o álbum do Campeonato Brasileiro 2010 com a missão de manter uma conquista atingida este ano: manter o Brasil com o maior faturamento no mercado de figurinhas no mundo.

Ontem em São Paulo a Panini Brasil apresentou o projeto do Campeonato Brasileiro 2010. Serão investidos
R$ 5 milhões em toda a estratégia de produção e divulgação.

O presidente da Panini Brasil, José Eduardo Severo Martins, afirma que a empresa passou a apostar muito no Brasil depois dos resultados do álbum oficial da Copa de 2010. Foram atingidos cerca de 3 milhões de colecionadores e o Brasil teve o maior faturamento no mundo com o álbum da Copa, batendo a Alemanha, tradicional consumidora do Panini Group, grupo italiano que atua em mais de 25 países.

O diretor comercial e de marketing da Panini Brasil, Marcio Borges, espera que o álbum do Campeonato Brasileiro 2010 atinja 1,5 milhão de colecionadores.

“Contamos com essa febre do futebol no país. De agora até 2014 o assunto do momento será o futebol”, diz.

Novidades

Wilson Manfrinati, assessor de futebol da Panini Brasil, conta que o álbum deste ano foi reformulado para atrair mais público, de várias faixas etárias.

São 521 figurinhas autoadesivas representando todos os 40 times das Séries A e B, algo que a Panini não fazia há três anos. “Só com ele [álbum] completo vamos representar de fato o campeonato, todos os torcedores serão atendidos”, afirma.

As bordas das figurinhas serão douradas e pela primeira vez o álbum já trará lances do campeonato deste ano. Outra novidade é que todas as páginas dos clubes da Série A terão como destaque um ídolo que fez história e também um craque do clube no presente.

A publicação de 68 páginas também traz informações sobre atletas e clubes – os títulos de cada time, retrospecto contra rivais e classificação nos últimos anos.



‘Classes C e D já consomem mais’

Divulgação

Wilson Manfrinati e José Eduardo durante a apresentação do projeto ontem

O presidente da Panini Brasil, José Eduardo Severo Martins, afirma ter duas explicações para os bons resultados no país.

“Muito mais pessoas das classes C e D passaram a consumir mais. Hoje a compra de um álbum, de figurinhas adesivas, já cabe em qualquer orçamento”, diz.

Segundo o instituto Data Popular, as classes C e D, devem consumir este ano R$ 808,8 bilhões e as classes A e B, R$ 545,6 bilhões.

Outro motivo apontado por José Eduardo para o grande consumo de figurinhas no Brasil é que isto está inserido no mercado do torcedor. “Clubes e empresas já trabalham melhor no licenciamento de produtos no Brasil. Na Espanha, por exemplo, o álbum do campeonato já vende mais do que o da Copa”, conta.

O álbum do Campeonato Brasileiro 2010 só terá duas ausências. Os jogadores do Corinthians Ronaldo e Roberto Carlos não entraram em acordo sobre o pagamento de seus direitos autorais.

Novas contratações, como Valdívia (Palmeiras) e Belletti (Fluminense), vão entrar num encarte especial no próximo mês.





Saiba mais



Figurinhas

Serão 521 figurinhas autoadesivas de todos os 40 times das séries A e B do Campeonato Brasileiro 2010

São 68 páginas e a Panini Brasil diz que não existirão as chamadas "figurinhas difíceis" porque foi montado uma estrutura de distribuição logística por regiões do país

O envelope com 5 figurinhas vai custar R$ 0,75





Redes sociais

A Panini Brasil vai seguir o exemplo da Copa do Mundo e divulgar o álbum nas redes sociais. A empresa também afirma que essa estratégia facilita em muito a troca de figurinhas entre os colecionadores





Panini

Quem produz o álbum é o Panini Group, criado há quase 50 anos em Modena, Itália. A empresa publica desde 1961 álbuns de figurinhas de futebol e adquiriu os direitos exclusivos para a coleção oficial World Cup 2010 e 2014 - FIFA. Para a Copa de 2010 foram impressas 50 milhões de álbuns e 1bilhão de envelopes no mundo todo





Site

www.torcidapanini.com.br





Fonte: Panini Brasil
 

Um comentário:

Paty disse...

Quero muitoo,em casa vai ser a maior bagunça..hehehehe
Nem ligo q num vai ter Ronaldo e Roberto Carlos..eles são uns mercenarios mesmo..futebol q é bom..NADAAA